Millennials portugueses são os que mais valorizam estabilidade profissional


Para 64% dos Millennials portugueses, a estabilidade profissional é uma prioridade, um valor acima da média europeia, que ronda os 50%. De acordo com um estudo recente, por trás desta tendência estão as elevadas taxas de desemprego.

 

Para além dos Millennials portugueses, também os espanhóis consideram a estabilidade profissional uma prioridade (61%), ao contrário dos suecos e dos britânicos, com apenas 36% e 43%, respetivamente, a indicarem que este fator é uma prioridade nas suas vidas.

 

O estudo mostra, porém, que os portugueses são dos europeus menos resistentes à mudança de residência, apesar de muitos referirem que uma das suas prioridades é aproveitar a companhia dos amigos e da família (53%).

 

“Apesar de estarem otimistas com o país e com a sua situação pessoal, 42% diriam que o seu poder de compra se manteve estável, 34% que aumentou e 25% que diminuiu. Por outro lado, 72% consideram que os preços aumentaram significativamente no último ano. E, talvez por estas razões, 55% não tencionem aumentar os seus gastos até ao fim do ano”, diz ainda o estudo.

 

FreshMail.com
 

FreshMail.com
 

FreshMail.com